Subscribe:

sábado, 12 de janeiro de 2013

Os Católicos adoram Imagens ?

                      
Alegam os nossos irmãos Protestantes: "Os Católicos praticam a idolatria, fazendo e adorando imagens, o que Deus proíbe na bíblia, dizendo:

"Ex 20, 4: "Não farás para ti imagem esculpida de nada que se assemelhe ao que existe lá em cima, nos céus, ou embaixo na terra, ou nas águas que estão debaixo da terra."
Comentário:

Ora, nossos irmãos cometem um equívoco na interpretação da palavra de Deus, quando dizem que Deus teria proibido fazer imagens, pois como poderia Deus ter proibido fazer imagens em um capítulo de um livro da Bíblia, e logo a frente no mesmo livro e em outros livros ter mandado fazer, várias vezes, o que teria proibido "terminantemente" fazer, isto é, imagens, vejamos:

Ex 25, 18-20: "Farás dois querubins de ouro, de ouro batido os farás, nas duas extremidades do propiciatório; faz-me um dos querubins numa extremidade e o outro na outra; farás os querubins formando um só corpo com o propiciatório, nas duas extremidades. os querubins terão as asas estendidas para cima e protegerão o propiciatório com suas asas, um voltado para o outro. as faces dos querubins estarão voltadas para o propiciatório.";

Nm 21, 8-9: "E Iahweh respondeu-lhe: faz-me uma serpente abrasadora e coloca-a em uma haste. Todo aquele que for mordido e a contemplar viverá. Moisés, portanto, fez uma serpente de bronze e a colocou em uma haste; se alguém era mordido por uma serpente, contemplava a serpente de bronze e vivia."

I Rs 6, 23-35: "No debir, ele fez dois querubins de oliveira selvagem..., mandou esculpir figuras de querubins, palmas e flores. Cobriu de ouro o pavimento do templo, no interior e no exterior...";

I Rs 7, 29: "Sobre as molduras que estavam entre as travessas havia leões, touros e querubins...".
Seria Deus incoerente proibindo aos homens de fazer imagens e logo depois, por mais de uma vez, mandando fazer várias imagens? Teria Deus se esquecido de ter proibido o povo de fazer imagens?

Respondemos:
Não… O que ocorre é um erro de entendimento da palavra de Deus por parte dos nossos irmãos Protestantes, ocasionado pela leitura isolada do versículo 4 do capítulo 20, do livro do Êxodo, não levando em conta o restante da bíblia. Vejamos o verdadeiro sentido bíblico desta proibição, ou seja, qual a intenção de Deus:

Ex 20, 1-6: "Deus pronunciou todas estas palavras dizendo: eu sou Iahweh teu Deus, que te fez sair da terra do Egito, da casa da escravidão. Não terás outros Deuses diante de mim. Não farás para ti imagem esculpida de nada que se assemelhe ao que existe lá em cima, nos céus, ou embaixo na terra, ou nas águas que estão debaixo da terra. Não te prostrarás diante desses Deuses e não os servirás, porque eu, Iahweh teu Deus, sou um Deus ciumento, que puno a iniquidade dos pais sobre os filhos até a terceira e quarta geração dos que me odeiam, mas que também ajo com amor até a milésima geração para aqueles que me amam e guardam os meus mandamentos."

Comentário:
O que Deus proibiu não foi simplesmente fazer ou construir imagens, mas sim fazer ou construir imagens e adorá-las como se fossem Deus!

Ex 34, 14: "Não adorarás outro Deus..."

Ex 34, 17: "Não farás para ti `Deuses` de metal fundido."

Cabe aqui um esclarecimento para melhor compreensão: No antigo testamento, cada povo tinha o seu `deus` e o representava através de uma imagem que faziam, imaginando, isto é, inventando, criando a sua forma. por isso , naquele tempo, se tinha a crença de que o povo que tivesse o `deus` mais poderoso, venceria a batalha. O povo de Israel , quando foi tirado do Egito por Deus, corria o risco de incorrer no mesmo erro, isto é, `criar` uma imagem de `Deus` e adorá-la (a imagem). porém o povo de Israel não precisava e não devia fazer isto, pois o Deus verdadeiro estava com eles e mais do que isso, combatia por eles e os guiava. mas mesmo assim, alertados e proibidos para não fazerem isto, incorreram nesta falta grave, vejamos:

Ex 32, 1-5: "Quando o povo viu que Moisés tardava em descer da montanha, congregou-se em torno de Aarão e lhe disse: `Vamos, faz-nos um `Deus` que vá à nossa frente, porque a esse Moisés, a esse homem que nos fez subir da terra do Egito, não sabemos o que lhe aconteceu.` Aarão respondeu-lhes: `Tirai os brincos de ouro das orelhas de vossas mulheres, de vossos filhos e filhas, e trazei-mos`. Então todo o povo tirou os brincos e os trouxeram a Aarão. este recebeu o ouro das suas mãos , o fez fundir em um molde e fabricou com ele uma estátua de bezerro. então exclamaram: `este é o teu `Deus`, ó Israel, o que te fez subir da terra do Egito.` quando Aarão viu isso, edificou um altar diante da estátua e fez esta proclamação: `Amanhã será festa para Iahweh".
Vejamos agora exemplos de "deuses" dos povos estrangeiros:
I Sm 5, 1-4: "Assim que os filisteus se apossaram da arca de Deus, levaram-na de Ebenezer a Azoto. os filisteus pegaram a arca de Deus e a introduziram no templo de Dagon e a depositaram ao lado de Dagon. Quando os azotitas se levantaram na manhã do dia seguinte e vieram ao templo de Dagon, eis que Dagon estava caído, com o rosto em terra, diante da arca de Iahweh. tomaram Dagon e o puseram novamente em seu lugar. mas quando se levantaram muito cedo na manhã seguinte, eis que Dagon estava caído com o rosto no chão diante da arca de Iahweh, e a cabeça de Dagon e as duas mãos, cortadas jaziam à entrada. só o tronco de Dagon restava no seu lugar.";

At 17, 16.22-23: "Enquanto os esperava em Atenas, seu espírito, inflamava-se dentro dele, ao ver cheia de ídolos a cidade. De pé, então no meio do Areópago, Paulo falou: Cidadãos atenienses! vejo que, sob todos os aspectos, sois os mais religiosos dos homens. Pois, percorrendo a vossa cidade e observando os vossos monumentos sagrados, encontrei até um altar com a inscrição : `ao Deus desconhecido`, ora bem, o que adorais sem conhecer, isto venho eu anunciar-vos."

Comentário:

Nos séculos VIII/IX desencadeou-se na igreja a disputa em torno do uso das imagens ou a luta Iconoclasta, como ficou conhecida. por influxo do Judaísmo, do Islamismo, de seitas e de antigas heresias cristológicas, muitos cristãos do oriente negaram a legitimidade do culto das imagens. Os imperadores bizantinos tomaram parte na controvérsia mais por motivos políticos do que por razões religiosas. Desencadeada sob o imperador leão isáurico (717-741), a disputa foi levada ao concílio de Nicéia II (787), que , na base das explanações de grandes teólogos como S. João Damasceno (+ 749) , reafirmou a validade do culto de veneração (não adoração) tributado às imagens. Com efeito, o Concílio distinguiu entre Latréia (adoração), devida somente à Deus, e Proskýnesis (veneração), tributável aos santos e também às imagens sagradas na medida em que estas representam os santos ou o próprio Senhor; o culto às imagens é portanto , relativo; só se explica na medida em que é oferecido indiretamente àqueles que as imagens representam. assim se pronunciaram os bispos no Concílio de Nicéia II: "...quanto mais os fiéis contemplarem essas representações, mais serão levados a recordar-se dos modelos originais, a se voltar para eles, a lhes testemunhar... Uma veneração respeitosa sem que isto seja adoração, pois esta só convém, segundo a nossa fé, a Deus".

Vejamos o que a Bíblia nos fala a respeito destas decisões tomadas pela igreja de Deus (sempre iluminada e conduzida pelo Espírito Santo de Deus):

At 16, 4-5: "Ao passarem pelas cidades, transmitiam-lhes, para que as observassem, as decisões sancionadas pelos apóstolos e anciãos de Jerusalém. assim as Igrejas eram confirmadas na fé e cresciam em número, de dia para dia."

Pergunta-se: Quem são os legítimos sucessores dos Apóstolos?

Respondemos: Os Bispos consagrados na única Igreja fundada por Jesus Cristo, nosso Senhor e salvador, a Igreja Católica e Apostólica, confiada a Pedro que foi o primeiro Bispo de Roma!

Para concluirmos esta palestra, gostaríamos de citar e lembrar aos católicos e, principalmente aos nossos irmãos separados, as seguintes citações bíblicas:

1) Ef 4, 25-27: "Por isso abandonai a mentira e falai a verdade cada um ao seu próximo, porque somos membros uns dos outros. Irai-vos, mas não pequeis: não se ponha o sol sobre a vossa ira, nem deis lugar ao diabo.";

2) I Pd 1, 15-16: "Antes, como é Santo aquele que vos chamou, tornai-vos também vós santos em todo o vosso comportamento, porque está escrito: sede santos, porque Eu sou Santo."

3) Jo 8, 32: "E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.".

Texto: Dom Estêvão Bettencourt
Via: dicionariodafe

5 comentários:

Andrerochele29 disse...

Adoraras o Senhor teu Deus e SÓ A ELE PRESTARAS CULTO. Lucas 4:8
Os católicos só realizam culto ao Senhor?

Edson Cláudia disse...

“Culto é prestar louvor; Culto é prestar honras; Culto é prestar homenagem; Culto é veneração...

Caro Andrerochele29, existem pessoas que confundem e desconhecem que a Igreja presta culto de veneração e não adoração a Nossa Senhora e que, existe uma grande diferença de sentido entre os cultos( a culto a Nossa Senhora é de Veneração enquanto que o culto a DEUS é de Adoração).

RBT ZENIT CRIAÇÃO E ARTE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
RBT ZENIT CRIAÇÃO E ARTE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
RBT ZENIT CRIAÇÃO E ARTE disse...

Adorarás ao Senhor teu Deus e só a ele prestarás culto
Lucas 4,8.

"Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra.
ÊXODO 20,4

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...